Orientação Vocacional

Como já dizia Gonzaguinha:

“…um homem se humilha, se castram seus sonhos
seu sonho é sua vida, sua vida o trabalho
e sem o seu trabalho, um homem não tem honra
e sem a sua honra, se morre, se mata
não dá prá ser feliz, não dá prá ser feliz!”

PORÉM:

“A pessoa não é senão o que procura ser”

Numa época em que a concorrência entre os profissionais se faz sentir de uma forma cada vez mais intensa e onde as oportunidades em algumas profissões são cada vez mais escassas enquanto outras se desenvolvem a grande ritmo, o acesso à informação, o auto-conhecimento e a escolha adequada aos interesses e aptidões do aluno é fundamental para o sucesso profissional e para o bem estar pessoal.

O papel da avaliação e orientação vocacional é identificar os interesses e aptidões do aluno contribuindo para: aprofundar o auto-conhecimento, desenvolver a identidade pessoal e construir o projeto de vida, incluindo o planejamento da carreira.