Aplicação de Testes Psicológicos

Lysle Marley Farion de Aguiar – CRP 08.06930
aval@avaliacaopsicologica.com – (41) 9964-8475

A aplicação de testes psicológicos acontecerá sempre que o (a) psicólogo (a) julgar necessária a realização de uma avaliação psicológica. Com a utilização de testes psicológicos, padronizados e apropriados par o uso no Brasil, o psicólogo terá uma percepção do avaliando de forma cientifica e objetiva. O uso de testes psicológicos é uma função privativa do psicólogo.

Resolução CFP 02.2003

(…)

Art. 1º – Os Testes Psicológicos são instrumentos de avaliação ou mensuração de características psicológicas, constituindo-se um método ou uma técnica de uso privativo do psicólogo, em decorrência do que dispõe o § 1o do Art. 13 da Lei no 4.119/62.

Parágrafo único – Para efeito do disposto no caput deste artigo, os testes psicológicos são procedimentos sistemáticos de observação e registro de amostras de comportamentos e respostas de indivíduos com o objetivo de descrever e/ou mensurar características e processos psicológicos, compreendidos tradicionalmente nas áreas emoção/afeto, cognição/inteligência, motivação, personalidade, psicomotricidade, atenção, memória, percepção, dentre outras, nas suas mais diversas formas de expressão, segundo padrões definidos pela construção dos instrumentos.’

A aplicação, levantamento dos dados, síntese do teste e escrita de documentos psicológicos é tarefa exclusiva do psicólogo. Os testes utilizados pelos psicólogos estão listados junto ao SATEPSI.

O SATEPSI é o sistema de avaliação de testes psicológicos desenvolvido pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) para divulgar informações sobre os testes psicológicos à comunidade e às (o) psicólogas (o).

O psicólogo dispõe de um conjunto de ferramentas para sua prática profissional.

A Lei 4119/62, Art. 13 §1º caracteriza que o psicólogo poderá utilizar métodos e técnicas psicológicas com os seguintes objetivos: diagnóstico psicológico, orientação e seleção profissional, orientação psicopedagógica e solução de problemas de ajustamento.

A Resolução CFP nº 002/2003, em seu Art. 3º, definiu os requisitos mínimos que os instrumentos devem possuir para serem reconhecidos como testes psicológicos.

(…)

Disponível em http://satepsi.cfp.org.br